Estatística

Para consultar elementos de estatística faça clique no mapa.

Países dos leitores

Free counters!

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

-" À amnésia convulsiva de Soares juntam-se os abutres e agitadores da esquerda à direita de Portugal "

Artigo de Vítor Santos – maior tv, publicado em Jornal O Povo (Fortaleza-Brasil)


“se quer dar o exemplo, num momento tão difícil, pode abdicar dos apoios

públicos à sua fundação”…

A m n é s i a   co n v u l s i v a   d e   S o a r e s
Mário Soares decidiu promover um manifesto que pede a demissão do Governo. Obviamente que, quaisquer um pode discordar de Passos Coelho e do seu executivo, pela forma como está a conduzir o país.
Mas o ex-presidente da República esquece-se do desastre que foram os governos socialistas, nomeadamente, os liderados pelo seu camarada José Sócrates e, sobretudo, os seus, enquanto primeiro-ministro.

Respondeu-lhe bem João Almeida do CDS-PP, por escrito, fazendo-lhe um desafio público: “se quer dar o exemplo, num momento tão difícil, pode abdicar dos apoios públicos à sua fundação”…
Também Sérgio Azevedo, deputado do PSD, afirmou que “se houvesse personalidade que sempre se aproveitou e tirou partido de qualquer regime foi este senhor. Agora, é só tirar as ilações”.

Mas voltando ao manifesto do senhor Ex-presidente da República que mais não foi do que um encontro de arruaceiros instigando violência pública gratuita, vejo presentes os oportunistas de sempre, da direita à esquerda.
E, o que mais me impressionou, foi ver o senhor Pacheco Pereira (PSD) sentado ao lado do amnésico Soares criticando de uma forma absolutamente demagoga, diria mesmo insultuosa, as medidas do actual Governo.
Os abutres desde a esquerda à direita juntaram-se à amnésia de Mário Soares. Porque será?
A amnésia de Soares, há muito conhecida, é tão selectiva como conveniente. É incrível que haja ainda quem, lhe dê ouvidos.

Sem comentários:

Enviar um comentário